18 de novembro de 2013

um homem chora


Sim, um homem também chora. 

Chorar não consegui, lacrimejar pelo o quase términus da relação, foi um facto. Aconteceu!

Sim, cada história de amor merecia ter um final feliz, mas nós sabemos que nem sempre é assim. 

Tudo na vida se rege por ciclos, a nossa história de amor 'abanou' um pouco este fim-de-semana, porquê? porque as nossas personalidades (muito fortes) e algum orgulho vieram ao de cima e... 'quase fizeram estragos'.

Não podemos esquecer 4 meses intensíssimos, sem muita presença física, é certo (a distância é um óbice), mas com muito boa disposição, muita loucura e muito amor à mistura.

A Capuccino vermelho proporcionou-me (até hoje) momentos incomparáveis, eu diria, inigualáveis em toda a minha vida sentimental e já lá vão um bom par de anos.

Enfim, têm sido momentos de felicidade que espero ter continuidade!
_______

10 comentários:

Diana disse...

Nem tudo são rosas mas quando se gosta, supera-se tudo!

amiga da onça disse...

Que o orgulho não atrofie os vossos sentimentos. Nada è mais importante que o amor que sentem um pelo outro.

Magda Carvalho disse...

Obrigada pelo teu comentário no meu blog!
Adoro a música.
Beijinhos*

anokas disse...

É a 1ª vez que cá venho parar, mas espero que tudo se resolva pelo melhor entre vocês :)

Margarida disse...

Que assim sejam esses momentos, contínuos, como só um sentimento de verdade pode proporcionar. :)

Maria Eu disse...

Chorar é "de" homem tanto como "de" mulher!

Beijinhos Marianos! :)

A capuccino vermelho disse...

:')
http://youtu.be/kryV3E4QKGk

Tétisq disse...

a vida é feita de momentos...
as reconciliações têm a vantagem de ser muito doces :)

O afectado do quadril disse...

Diana:
vamos superando!

Amiga da onça:
Certo, o orgulho é (pode ser) um sentimento atroz!

Magda Carvalho:
É perceptível o meu (bom) gosto musical ;)

Anokas:
Resolvido, sim!

Margarida:
Os momentos de verdade são importantes!

Maria Eu:
Chora-se, sim, fazer o quê?

A Capuccino vermelho:
Amei a 'letra' ❤

Tétisq:
Sim, a reconciliação foi muito doce. É sempre!

Janita disse...

Sim, um homem chora.
Sim, o amor tem altos e baixos.
Sim...quando a reconciliação acontece, é pura magia.

Com tantos sins e esta música maravilhosa, devem de estar no sétimo céu!:)

Beijinho aos dois!